11/03/2013

Coincidentemente






tantas vezes ficamos âncorados na areia
não querendo rotas
                              nem destinos
nem multidões de vazios
                                      nem revelações



 esperamos na tranquilidade uma maré bem cheia


mas há um dia
 que escolhendo uma perene intranquiladade
                                                                  ela vem
                         
 


                                                 estranho o sopro dos buzios 
na revelação da coincidência







(foto minha)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigado por me vir ler e comentar.